Araraquara recicla somente 50% do entulho de construção

Araraquara recicla somente 50% (cerca de 9 mil toneladas) do entulho proveniente de construções. A outra parte é abandonada em terrenos baldios, de acordo com informações da empresa Morada do Sol Ambiental, único aterro da cidade licenciado pela Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb) apto a realizar o procedimento.

São mais de 100 caçambas que chegam ao aterro todos os dias. Em um mês, são depositadas 10 mil toneladas de entulhos no local. Destes, 90% são transformados em areia, brita e pedras para serem comercializadas.

\”As construtoras compram esse material reciclado. Mas qualquer pessoa pode vir até aqui e comprar a quantia necessária da sua obra\”, ressalta Ocimar Júlio Dal Bem Inocente, sócio-proprietário da empresa.

O aterro recicla, ainda, aproximadamente 250 toneladas de madeira por mês.

\”Transformamos essa madeira em ‘cavaco’, que depois acaba servindo como combustível para olarias e cerâmicas\”, explica Inocente.

Mensalmente, o depósito, que conta com uma equipe de 35 funcionários, recebe cerca de cinco toneladas de sacolinhas plásticas – 200 kg por dia-, posteriormente destinadas a um aterro localizado na cidade de Guatapará. \”Ainda não fazemos a reciclagem deste tipo de material\”, diz Inocente.

Comercialização

Conforme Inocente, todo o material produzido graças à reciclagem do entulho, como areia, tijolo ecológico e argamassa, é comercializado também para pessoas físicas.

\”O preço da brita que fabricamos é três vezes mais em conta que as comercializadas em lojas de material de construção\”, aponta o empresário.

Segundo Inocente, são vendidas, diariamente, 300 toneladas de material reciclado – 20% do total produzido. \”Só não vendemos mais porque a demanda não é maior. Se a procura aumenteasse, poderíamos chegar aos 90%\”, diz o empresário.

Fonte: Araraquara.com | 25 de julho de 2012

Compartilhe este post:
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Fale com a gente no Whatsapp!