Multa para descarte de entulho pode chegar a R$ 12 mil

 em Notícias
Denúncias de descarte irregular de entulho em Taboão da Serra continuam chegando à Gazeta SP. Esta semana, a reportagem visitou o bairro Jd. Record (Gleba C) onde um terreno serve para depósito de todo o tipo de material. A maior reclamação é falta de punição, pois segundo os moradores são sempre as mesmas pessoas que cometem a infração.
Visando coibir essa sujeira, a Prefeitura enviou projeto à Câmara e os vereadores aprovaram o aumento da multa para o descarte irregular de entulho. Antes quem era flagrado descartando material com as mãos, sacos de lixo e carrinho era de R$ 412,03, agora será de R$ 2 mil. Já para quem utilizar carros e caminhões, a multa que era de R$ 2060,17 vai para R$ 12 mil. A ideia é estimular as denúncias de descarte para a Guarda Municipal e a fiscalização da cidade aplicarem as punições com mais frequência.

O terreno que a reportagem flagrou com entulho será no futuro a instalação do Corpo de Bombeiros da cidade. Há 11 anos morando na Rua Catuire, Taivor Lopes é obrigado a conviver com a sujeira praticamente na porta de sua casa. “O lixo aqui no local só aumenta. Além dos insetos que invadem a minha casa, também tem aqueles casos de bandidos que se escondem no terreno, entre o lixo e o mato alto”.

A comerciante Graça Machado, dona de um depósito de materiais de construção que também fica em frente ao terreno, já pagou uma pessoa para cortar o mato do local. “Não tem nem palavras para a situação desse terreno. Os vizinhos não se importam, não se preocupam em cuidar”.

Tanto Graça quanto Taivor já flagraram pessoas, geralmente em caminhões, fazendo descarte irregular de lixo no terreno. Para a comerciante Graça, de nada adiantará a Prefeitura providenciar a limpeza do local se os moradores não se unirem para a melhoria da situação: “Os vizinhos tem que se juntar. O entulho está aumentando aqui e ninguém se mexe para resolver. Não adianta limpar aqui e os moradores não manterem o terreno limpo”.
Em nota, a prefeitura de Taboão da Serra alega que “os moradores precisam ligar no telefone 4788-4100 e solicitar a limpeza através do Disque Cata Bagulho”.

Casos anteriores
Não foram só os moradores do Jd. Record que reclamaram do entulho. Moradores do Jd. Suiná, Pq. Pinheiros e Jd. Santo Onofre são outros exemplos de taboanenses que sofrem com a falta de respeito de outras pessoas, que insistem em descartar lixo em local inapropriado.

Colaborou Liah Marques
Foto: Thiago Neme
Fonte: O Taboense – Taboão da Serra – SP | março de 2013

Serviço
Disque Cata Bagulho
Tel. 11 4788-4100 

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Contate-nos

Por favor, fique a vontade para nos enviar um e-mail. Retornaremos o mais breve possível.